quinta-feira, 30 de julho de 2009

A Falência do Sistema Político Ocidental

Você está satisfeito com a sociedade que está aí? E com o sistema político? Se observarmos atentamente veremos que todos os sistemas políticos ocidentais estão em derrocada.

As teorias de "O Príncipe" de Maquiavél carecem de ética, e infelizmente as bases de nossa política estão alicerçadas sobre ela.

O Capitalismo tem mostrado a cada dia que certamente não é o melhor para a humanidade, pois embora se venda pela imagem do consumismo gerando nas pessoas uma sede incontrolável por "ter" cada vez mais e relegando o "ser" a cada vez menos, também tem sido diretamente o responsável por maus tratos à natureza tais como o ameaçador efeito estufa, o "El Niño", "La Niña", aquecimento global e muitas outras.

Poderíamos então recorrer ao Socialismo ou ao Comunismo, mas eles tampouco têm se mostrado a solução dos problemas capitalistas, e embora se apresente como a panacéia para todos os males da humanidade tem fomentado o ateísmo e se mostrado ineficaz. Karl Marx com suas teorias de "O Capital" ou ainda em seu "Manifesto do Partido Comunista" têm exposto idéias que beiram a utopia. No entanto embora há os que alegam que sua eficácia baseados na Comuna de París, e tal sitema ao longo da história também não tem se mostrado válido, vide os governos que se intitulam de Socialistas ou mesmo Comunistas como Cuba e a China. Nestes os governantes detêm todo o poder enquanto a população recebe a sua "ração".

Certa vez me choquei ao ver uma foto de Fidel Castro fazendo sua caminhada matinal com um tênis de uma marca internacional caríssima enquanto tantas pessoas no seu país passavam por situações vergonhosas de miséria. Prova mais do que clara da falibilidade do Socialismo.


Mas então você pode me perguntar: "E qual seria a melhor forma de governo?". Lhe exorto a se despir de todo preconceito sobre o Islam e de tudo que se origine dele. E após isso posso dizer com toda convicção que o governo mais saudável seria a criação de um Califado Universal. Te parece algo perdido no passado à moda das Mil e Uma Noites? Não. Longe disso. O Califado Universal é uma possibilidade tão aplicável aos moldes de hoje como o foi em outrora. Porém não pense em em grupos radicais pseudo-islâmicos tais como Taliban e outros. Este sistema em nada se iguala a tais rebeldes que sequer seguem a Shariah (Jurisprudência islâmica). Por isso em breve apresentaremos uma série de artigos aqui no "A Nova Cruzada" onde exporemos a forma de funcionamento do Califado, os benfícios garantidos pela Shariah à população muçulmana e não muçulmana. E tenho a certeza que ficarão estupefatos ao saber dentre outras coisas que houve uma Declaração Universal do Direitos Humanos feita pelo Islam muito antes da Declaração ocidental que conhecemos. Se espantará ao saber que os direitos das mulheres que elas tanto lutam desde a década de 70 já é direito inalienável das mulherres muçulmanas nos países de maioria islâmica.
Talvez sabendo de tudo isso você possa perguntar: "Bem, então por que em alguns países de maioria muçulmana existe tanta desigualdade e tantos conflitos?". Isso pode ser respondido claramente que se deve a inexistência de um Califado. Não Universal, mas mesmo regional. Logo se não há este Califado essa é a prova clara de que tal local não é regido pela Shariah que é sim extremamente humanitária.
Aguarde em breve aqui a série sobre o Califado Universal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário