sábado, 4 de julho de 2009

Mãos ao Alto! É o Senado.

Alguém em um tempo muito longinquo disse que todo poder emana do povo, e isso passou a constar em nossa lei, na Constituição Federal. Porém como toda lei no Brasil que benefice o povo, esta foi esquecida e relegada ao papel de inútilidade pública. Logo com esta não poderia ser diferente e passou também a ser apenas mais uma bela teoria demagógica como tantas outras.


Diferente de outras grandes nações que se tornaram uma potência financeira pois foram colonizadas com o intuito de se tornarem um país no futuro, mas o Brasil era apenas uma grande terra a ser saqueada. E lhe pergunto: o que mudou até hoje dessa visão medíocre? E o que diferencia os políticos brasileiros que deveriam ser homens de reputação ilibada de bandidos e ladrões, tanto de renome como também dos mais patéticos? Se é que há alguma diferença.
Não bastasse tais esculhambações com o nosso país ao qual estes mesmos políticos ao cantar o hino chamam de Pátria Amada e afirmam ainda que falsamente, mas com uma convicção aparente o tão forte: "verás que um filho teu não foge a luta e nem tem quem te adora à propria morte", temos agora o ex presidente José Sarney que em seu governo foi o principal responsável pela inflação assustadora que atingiu o país, sendo agora Presidente do Senado. Para variar... nada mudou e o mesmo continua sendo acusado de inumeras falcatruas e a penas reage como se estivesse espantando moscas que o incomodam.

Poderíamos então esperar uma resposta mais dura do nosso ataul Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Mas o que aguardar de um governate que tentou a todo custo impedir diversas CPIs como a dos Correios e tantas outras, e ainda foi pego negociando sua posição na Petrobrás após o termino de seu mandato? Como era de natural de se esperar, ele mais uma vez protegeu José Sarney.
Vemos que a corrupção é um câncer que assola o Brasil e se alastra como um rastilho de pólvora, e que vai contaminando tudo por onde passa, causando uma metástase no país e gangrenando todo o sistema. A corrupção já está entranhada nas Polícias, entre os magistrados, governantes, parlamentares e acabou influenciando a mentalidade do povo onde tudo se consegue com o já tão famoso "jeitinho brasileiro".
Porém enquanto nós cidadãos brasileiros não dermos um basta nisso veremos nossos filhos, netos e bisnetos passarem pela mesma situação.
É vergonhoso como nós brasileiros, cada um de nós somos tão conformistas a ponto de não lutarmos com a arma mais forte que temos: o voto. Esta podridão não se retirará do nosso país com revolução armada como alguns comunistas mais radicais pretendem, não sairá com passeatas, panelaços, apitaços e coisas do gênero. Com isso não fazemos mais que o papel das moscas citadas anteriormente e que simplesmente incomodam os políticos, mas que em nada obsta sua carreira parasitária. Basta que no dia das eleições nós de quem o poder realmente emana, termos a consciência e a descência de anular o nosso voto. Não votar em branco, pois estaremos dando para o primeiro canalha que estiver ganhando, mas votando em um número inexistente. Se uma grande parte dos cidadãos brasileiros começarem a agir assim teremos um novo Brasil, se não teremos uma nova Somália. Lembre-se que vc é tão responsável como qualquer outro, mas os antipatriotas que estão no governo só acabarão se tomarmos esse tipo de medida: uma revolução pacífica, silenciosa mas que diz mais que muitas palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário