domingo, 19 de julho de 2009

Terror Ocidental é Vítima do Terror Oriental


Foi exibido hoje na TV Al Jazeera, como também em diversas outras redes de televisão e pela internet um vídeo de 28 minutos onde um soldado americano sequestrado pelo grupo radical afegão Taliban aparece vestido em trajes típicos da região, com a cabeça raspada e barba bem fina. Neste vídeo o militar que parece amedrotado diz: "Tenho medo de não poder retornar para casa e não poder ver mais minha família". O jovem de 23 anos de nome Bowe R. Bergdahl ainda manifesta a vontade poder se casar com a namorada e diz que o número de soldados americanos mortos no Afeganistão é maior do que Washington anuncia, e que muitos optam pelo suicídio ou deserção.

Com o vídeo a única exigência que foi feito pelos radicais foi a retirada das tropas americanas do país.

O blog "A Nova Cruzada", embora seja contra qualquer tipo de radicalismo e repudie tanto a ação da invasão americana no Afeganistão com o estupro de centenas à milhares de muçulmanas locais passando a falsa imagem de heróis para o ocidente, como também abomina o ato de um pequeno grupo de homens que falsamente se identificam como muçulmanos apenas para implementarem o poder pessoal a fim de satisfazer seus egos. Porém este evento é de uma carga simbólica muito grande, chegando mesmo a ser uma situação emblemática, pois é o terror ocidental personificado pelo soldado, vítima do terror oriental, ao qual o primeiro supostamente tenta combater.

Creio que toda forma de intolerância seja um retrocesso e por isso torcemos para que o soldado americano seja liberto. Porém não podemos negar que a imposição da presença dos E.U.A. nos países árabes tais como o Afeganistão e o Iraque por culpa do pérfido e despresível ex presidente George W. Bush, que causou a grande crise econômica pela qual estamos passando é sem dúvida a grande causadora destas nefastas consequencias.

Se o velho ditado popular diz que "em briga de marido e mulher ninguém mete a colher", quem dirá de uma nação! Afinal de contas quem ainda acredita que a invasão de tais países foi motivada por um ímpeto de bom moço do antigo presidente americano? Petróleo, domínio mundial e muitas outras coisas estavam em jogo, o que fez com que George W. Bush fosse comparado não só por nós mas por várias outras mídias como o segundo Hitler.

O fato é que não teremos paz enquanto quisermos dominar o território alheio, assim como também Israel tenta a todo custo fazer com a Palestina. É uma lei natural que só seremos respeitados quando respeitarmos, afinal a paz começa primeiro comigo, e sempre começará do indivíduo para a coletividade e não ao contrário. Por isso, não espere que os outros sejam agentes desta mudança pacífica. Começe por você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário