domingo, 11 de outubro de 2009

PL 122 / 2006: Um Ultraje ao Livre Pensamento e à Família


Há alguns anos tem circulado pelo Senado uma lei que se aprovada será um tumor na Constituição Federal Brasileira. Trata-se da já tão conhecida e polêmica PL 122/2006.

De acordo com o site da campanha "Não Homofobia" em " https://www.naohomofobia.com.br/" o homossexualismo não é uma doença, segundos dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). Logo chamar um gay de doente seria razão suficiente para ser processado. Todavia a campanha chama a todos os discordantes de tal prática, de doentes, pois homofobia é sim uma patologia, ficando assim clara a inversão de valores, onde cidadãos heterossexuais e que têm suas famílias são vistos como doentes. Mas, se isso não bastasse ainda tentam reprimir qualquer manifestação contrária aos mesmos, como se a maior parte da população fosse formada por gays e não por heterossexuais.

De acordo com esta lei um líder religioso tal como um Rabino, Padre, Pastor ou Sheikh que fale em seus cultos religiosos sobre o que está escrito nos livros sagrados como a Torah, a Bíblia e o Alcorão sobre a desaprovação e até mesmo a abominação de Deus a respeito do homossexualismo pode pegar até 5 anos de prisão.

É importante ressaltar que todas essas religiões são contra a homosexualidade per si e não contra a pessoa do homossexual.

Esta lei incentivará abertamente a proliferação da homossexualidade na sociedade. E certamente você leitor que procura educar seus filhos com bons princípios religiosos não gostaria de vê-lo se engendrando por tal caminho.

Fazendo-se uso das teologias, judaica, católica, protestante e islâmica, podemos dizer sim que a homossexualidade é uma aberração às leis naturais, pois na Torah no livro de Bereshit (correspondente à Gênesis da Bíblia Cristã) diz:

"Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea. Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou-lhe, então, uma das costelas, e fechou a carne em seu lugar; e da costela que o Senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem. Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada. (...) homem e mulher os criou. Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra". (Gn 2. 18, 21-23; 1.27,28).

Poderíamos citar infindáveis textos de todas as escrituras monoteístas mas tornaríamos enfadonha a leitura.

É no mínimo motivo para uma reflexão, porque as 3 religiões monoteístas não aceitam o homossexualismo.

Há ainda um risco maior oculto na PL 122/2006 pois de acordo com esta lei nenhum ato relativo a sexualidade pode ser questionado. Eis aí uma porta aberta para a Pedofilia e tantos outros crimes desta ordem.

Este projeto de lei tem sido tão controverso que até mesmo o Pastor Silas Malafaia de quem normalmente discordamos, foi incrivelmente coerente em seu programa, tomando-o todo no ultimo sábado para comentar a este respeito.

Mas o que você como cidadão pode fazer para ajudar? Vejamos:


Como Ajudar

Entre no site do Senado no seguinte link: http://www.senado.gov.br/sf/senadores/senadores_atual.asp?o=3&u=*&p=* e envie um e-mail para cada senador com por exemplo a frase: "Sr. Senador, não aprove a PL 122/2006. Grato, ...". Desta forma você estará contribuindo enormemente para a preservação da moralidade no Brasil.

3 comentários:

  1. Pois é, bom ter lembrado do Silas Malafaia, embora eu não vá nem um pouco com a cara dele (se bem que na falta de programa humorístico eu até assista um programa ou outro, principalmente quando tem aquele outros picareta...ops... pastor que ele importou, Morris Cerullo, pedindo doações de R$ 900,00, por conta de um livrinho que em tese é de graça, simplesmente rolo de rir).

    Apesar disso o Malafaia lembrou de algo muito importante, a máfia boiola rotula todo mundo que não acha "bacaninha" pessoas fazerem sexo com pessoas do mesmo sexo de "homofóbicos", algo de uma desonestidade intelectual patente, o verdadeiro "homofóbico" é quem sofre de uma patologia, querendo inclusive matar os homossexuais, esses hipócritas sabem muito bem a mentira que estão contando, o que eles querem mesmo é empurrar a falta de valores morais e a aberração goela abaixo da sociedade.

    O coitadismo, estratégia tão comum, enoja-me mais do que qualquer outra coisa, se você crítica o massacre em Gaza logo vem um "currupaco, anti-semita, currupaco"; se alguém te chama de alemão tudo bem, mas se você chamar um negro de negro aí o sujeito já aparece na imprensa chorando que nem uma criança dizendo que está muito ofendido blá.blá, blá além de ser crime inafiançavel e imprescritivel (homicídio simples não é nem uma coisa nem a outra, mas ofender verbalmente os "coitadinhos") e agora querem que você manifestar a sua desaprovação ao comportamento homossexual vire crime, dando uma de coitadinhos.

    Eles precisam de apoio da sociedade para continuarem com suas abominações? Creio que não.

    Literalmente o que essa quadrilha quer é impor o jeito deles para a sociedade e com ou sem lei vou continuar dizendo que ridículo e imundo o plano deles.

    Engraçado que para islâmicos não tem nada disso, via de regra são retratados como terroristas e ninguém é processado por isso.

    ResponderExcluir
  2. Minha opinião é contraria à sua edu: o amor, aquele que Cristo nos ensinara tem de ser aplicado sem distinção de sexo; da maneira que vc fala, da a entender que todo homossexual levaria uma vida de promiscuidade, oque não condiz com a realidade, muitos levam uma vida regrada e baseada no amor. Em relação aos "coitadinhos", vc ja parou para pensar como eles sofrem, gostando de alguem que nunca sentira o mesmo por eles, ou quantos xingamentos sofrem na escola e no trabalho diariamente apenas por terem nascido com sentimentos que a maioria das pessoas não aprova (o AMOR a seus semelhantes) ?

    Alguem precisa fazer alguma coisa! muitos ainda não aguentam a pressão, a solidão e o desprezo de seus proprios pais e acabam se suicidando, são irmaos que estao precisando de ajuda, pelo menos para que haja respeito em relação a eles!

    Omar

    "Esta lei incentivará abertamente a proliferação da homossexualidade na sociedade. E certamente você leitor que procura educar seus filhos com bons princípios religiosos não gostaria de vê-lo se engendrando por tal caminho."

    R: Como tal lei poderia fazê-lo se as pessoas ja nascem gays ou heteros ? isso não mudaria nada em sua orientação sexual. Em relação aos principios religiosos, vc ja parou para pensar que existem gays que fazem uso da castidade (mas mesmo assim eles ainda são gays! que esperam anciosamente que alguem faça alguma coisa por eles para evitar tanta sofrimento).

    "Eis aí uma porta aberta para a Pedofilia e tantos outros crimes desta ordem."

    R: O que uma coisa tem a ver com o outra? Crimes como a pedofilia são praticados por muitos heteros diariamente. A moral da pessoa independe de sua orientação sexual!!!

    ResponderExcluir
  3. Bruno
    Salam Aleikum
    Já foi comprovado por diversos psicólogos que a homossesualidade não é gnética. Não nasce com o indivíduo. Além do mais quando citei a porta aberta para a pedofilia não me referi a homosessualidade, mas ao fato da lei proibir se questionar qualquer coisa relativa a práticas sexuais.

    ResponderExcluir