quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Idolatria Kids

No ultimo domingo, dia 14 de fevereiro de 2010, me surpreendi ao ler no Jornal Extra - publicado pelo Jornal O Globo no Rio de Janeiro -, uma matéria em que era anunciado o lançamento de bonecos aos moldes de Barbye e Ken, porém com personagens bíblicos tais como: Jesus, David, Golias e muitos outros. O problema é que no desvario criado em seus clientes, o mercado capitalista-gospel que está em franco crescimento esqueceu de avisar a seus consumidores que com isso estava desobedecendo a uma norma bíblica, que por sinal tem sido a bandeira levantada por muitos pentecostais e neopentecostais contra a igreja católica: as imagens. O que vemos é uma “declaração muda” de hipocrisia, pois se aponta o dedo para os erros de seu irmão, mas pratica-se o mesmo erro. Porém este nunca é tão grave quando o pecado de outrem.
De acordo com a Bíblia encontramos:

“Não farás para ti imagem esculpida de nada que se assemelhe ao que está lá em cima nos céus, ou embaixo na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra”. (Ex.20:1).

E ainda temos:

“Os ídolos deles são prata e ouro, obras de mãos humanas: têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram; têm mãos, mas não tocam; têm pés, mas não andam; não há um murmúrio em sua garganta. Os que os fazem ficam como eles, todos aqueles que neles confiam”. (Sl.115:4-8).

Há inclusive pais que têm inclusive atribuído aos bonecos o fato de suas crianças estarem mais calmas. Será que elas não ficariam com qualquer outro boneco pelo fato de estarem distraídas brincando? Eis a idolatria implantada no meio de uma religião que deveria ser puramente monoteísta como consta nas escrituras.
O que ocorre é que as crianças já são ensinadas desde a mais tenra idade a serem incoerentes em seus pensamentos, palavras e ações, pois se as mesmas aprendem que as imagens da igreja católica são pecado, o que diferenciaria estas de seus bonecos que utilizam para brincar? Assim aprendem que não deve se fazer imagens de escultura, e condenarão quando se tornarem dultos a todos os que utilizarem delas, porém eles próprios assim como seus pais hoje as utilizavam como objeto de passa-tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário