sábado, 27 de março de 2010

O Crescimento da Islamofobia

Vemos a cada dia que passa a islamofobia crescer em todo o mundo, e especialmente no Brasil. Isso fruto do marketig negativo feito pelos sionistas presentes internacionalmente e por algumas denominações religiosas que acabam servindo de marionetes e ferramentas nas mãos do primeiros. O fato é que não é difícil encontrarmos pela internet e mesmo por outros meios, propagandas dizendo que o Islam é agressivo, injusto, criminoso e opressor e mais uma série de outros adjetivos nefastos. Esquecem porém que as campanhas de ódio, preconceito e mentiras partem do lado deles e não do nosso. Porém porque isso ocorre? Pense um pouco...
O Islam é a maior religião do mundo e a que mais cresce. Já somos 1/5 da população mundial. Desta forma aqueles pseudos religiosos, oportunitas, que vivem das ofertas e dízimos "dados a Deus" por seus fiéis incautos não querem obviamente que a sua gorda renda mensal esgote. Por isso não é nada lucrativo que os membros de suas igrejas abandonem as mesmas e busquem um caminho mais coerente. Então para se manter esta hegemonia é necessário lançar mão de todos os métodos possíveis que estejam a frente, mesmo que seja baseado na mentira e na difamação. Atitude esta que segundo a Bíblia - livro que para tais pessoas imagina-se ser sagrado - é altamente condenável.
Temos também os Sionistas, os que controlam a máquina financeira mundial e manipulam movimentos políticos e até mesmo algumas denominações cristãs passando para os mesmos a imagem de que são judeus fiéis aos ensinamentos das escrituras e tementes a Deus. Porém não é isso o que um grupo de Rabinos espalhado por Israel e Estados Unidos diz. Veja: www.youtube.com/watch?v=o4UpBi1p50c . Estes Rabinos são denominados "Judeus Fiéis a Torah", e dizem ser anti bíblico tais atrocidades feitas pelo sionistas que tentam abafá-las a qualquer custo. Um claro exemplo disso foi a retirada do livro "Os Protocolos dos Sábios de Sião" das livrarias em diversos países do mundo, incluindo o Brasil, e das próprias Editoras, que agora não podem mais publicá-lo.

Basta digitar na parte de imagens do Google para ver quantas imagens ofensivas ao Islam encontramos. Mas isso não ocorre se digitarmos sobre o Cristianismo por exemplo ou sobre o Judaísmo.

Os fatos são que: se uma muçulmana estiver na fila de embarque de um aeroporto junto com um freira, a muçulmana será revistada e será solicitado que retire seu hijab (véu islâmico), mas à freira não. E casos assim já ocorreram diversas vezes em nosso país.

Da mesma forma um muçulmano de origem árabe terá o seu visto dificultado para entrar no Brasil, enquanto um americano poderá ir e vir tranquilamente.

Se falarmos contra o comportamento sionista podemos ser condenados. Porém o Sionismo é apenas uma posição política da qual podemos discordar. Mas isso não ocorre se falarmos contra o Comunismo, a Democracia, o Socialismo ou o Capitalismo. Porque então somente contra o Sionismo? Se formos utilizar as desculpas dos sionistas de que estamos sendo intolerantes religiosos, isto já não funciona mais, uma vez que vemos um Rabino ortodoxo dizer claramente que Sionismo não é Judaísmo. Se formos acusados de antisemitismo, também carece de lógica pois somos semitas, e seria uma falta de lógica sermos contra nós mesmos. Só os "judeus" sionistas são contra os reais judeus. Aqueles que seguem os preceitos ensinados pela Torah.

É interessante notar como somos atacados diariamente pela mídia sionista brasileira que manipula as massas que se nega a pensar e investigar a verdade. Karl Marx certa vez disse que "a religião é o ópio do povo". Para dizer isso vemos que primeiro, ele certamente desconhecia o Islam e sua essência, segundo, ele havia esquecido da imprensa que possui ainda maior poder sobre a mente do povo. Talvez mais até que a religião. Veja o vídeo sobre a mídia brasileira: www.youtube.com/watch?v=wwdyxrFHHfQ .

Judeus, muçulmanos e cristãos (orientais) viviam em harmonia até a chegada do Cristianismo latino já tão corrompido pela sede de poder à Palestina em suas Cruzadas aos gritos de "Deus o quer!". Depois disso outras tantas atrocidades se seguiram advindas do Ocidente tais como o Nazismo e o Sionismo. Desde então o mundo ocidental tem encarado a população do Oriente Médio como retrógrada e o padrão da sociedade cristã tem sido o modelo que todos devem seguir. Por que? Nos dirão que certamente esta é mais evoluída. Será? Tendo em vista que nós muçulmanos criamos a algebra e demos grandes contribuições à arquitetura, à astronomia, à artimética, geometria, física, química, medicina, jurisprudência e outras tantas ciências, dificilmente poderíamos concordar com tal afirmação.

Diferente da soberba da sociedade ocidental, o muçulmano sempre esteve aberto para aprender onde houvesse algum ensinamento útil para a humanidade, pois para nós é uma obrigação a busca do conhecimento. Por isso jamais estaremos satisfeitos com o que já sabemos.

Cada um de nós tem a possibilidade a cada dia de não ser apenas mais um na multidão. De fazer valer os seus direitos e de tomar as próprias rédeas de sua vida, libertando-nos do julgo imposto pela mídia através de sua ditadura velada que impõe padrões a serem seguidos como: comportamentais, de beleza e tudo mais.

Em pleno século XXI onde as classes são defendidas por razão de sua etnia, credo e outros, é sim um grande retrocesso manter o pensamento medieval de que o Islam é exatamente como pregam ao modo da inquisição através da mídia. Por este motivo fazemos um convite a que você leitor, pesquise, busque conhecer o Islam em sua fonte, e então... certamente se surpreenderá com o qunto de asneiras tem ovido até hoje.

segunda-feira, 22 de março de 2010

A Inquisição dos Tempos Modernos

É interessante quando ao conversarmos com certas pessoas de linhas pentecostal e neopentecostal as mesmas dizem que o catolicismo não é cristão, e que o verdadeiro Cristianismo é praticado apenas por suas instituições. Então se atribuírmos ao Cristianismo atos bárbaros como as Cruzadas, os mesmos dirão que isso foi cometido pela Igreja Católica Apostólica Romana e que eles nada têm haver com isso. Porém nos dias de hoje existem diversas organizações "religiosas" que mais parecem um tribunal da "Santa" Inquisição ainda revivendo o período medieval. Ou seja, instituiram mais uma vez uma Nova Cruzada. Motivo pelo qual este blog recebeu o nome, pois como muçulmanos temos o compromisso de combater não os verdadeiros cristãos, pois o sagrado Alcorão diz: "E, em verdade, encontrarás que os mais próximos aos crentes (muçulmanos), em afeição, são os que dizem: 'Somos cristãos'. Isso, porque há dentre eles clérigos e monges, e porque não se ensoberbecem. (Sagrado Alcorão - 5:82)". Mas o nosso combate se trava no âmbito da lei e do conhecimento, pois também Deus diz: "Por certo Allah não ama os agressores. (Sagrado Alcorão - 2:190)".

O interessante é que cruzadas são instituídas para evangelizar a todos, missionários são enviados para os países de maioria muçulmana para "ganharem almas para Jesus". Porém seu método de evangelização tem seguido a metodologia do grande líder destes grupos: Paulo de Tarso. Porém este possuia uma moral tão duvidosa a ponto de dizer: "Mas que importa? De qualquer maneira - ou com segundas intenções ou sinceramente - Cristo é proclamado, e com isso me regozijo. (Fl.1:18)". Mas segundo a Bíblia, o próprio Jesus (A.A.S.) disse: "Vós dois do diabo, vosso pai, e quereis realizar os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio e não permaneceu na verdade, porque nele não há verdade: quando ele mente fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira. (Jo.8:44)".

Bem de acordo com o que vemos, que credibilidade podemos dar a qualquer coisa que tais líderes religiosos dizem? Isto torna-se ainda pior quando estes mesmos líderes cometem crimes tão bárbaros como os que podem ser vistos na coluna a direita de nosso blog, como: estelionato, tráfico de armas, pedofilia, roubo a mão armada, homicídio e uma lista infinda que deixaria o bandido mais torpe aparentando ser o mais ingênuo dos seres humanos.

Já há algum tempo tais instituições, lideradas delos supracitados meliantes têm iniciado uma campanha de difamação contra o Islam, pois têm visto no crescimento dos muçulmanos em todo o mundo, a possibilidade de perderem os mantenedores de seus luxos mais caros, pois enquanto o Pastor ou Missionário tem um carro importado, a casa do fiel contribuinte cai aos pedaços. Desta forma, se este que o mantém abandona a sua igreja e passa para o Islam, como ele poderá continuar em seu status social? Basta então apenas apelar para a contra-informação, denegrindo o Islam e os muçulmanos, para que assim os menos cautos acreditem e continuem a viver sob o cajado de seu pastor que o conduz como e para onde quer.

Que fique aqui bem claro que nem neste artigo e nem neste blog me refiro aqueles que realmente honram o seu cargos, mas aqueles que usam deste subterfúgio para apregoar mentiras, o que é inclusive pecado, pois um dos 10 mandamentos presentes na Bíblia é: "Não apresentarás um testemunho mentiroso contra o teu próximo. (Ex.20:16)". Deixam assim bem claro que não seguem o que deveria ser o seu livro sagrado. Ou pelo menos é isto que eles dizem.
Temos visto se proliferando pela internet sites criminosos como "O Fim do Islamismo" http://fimdoislamismo.spaces.live.com ou da organização evangélica "Beth Shalom" www.beth-shalom.com.br e muitos outros, assim também como comunidades no orkut. Porém o que percebemos é que na maioria destes casos o anonimato é a marca registrada. Porém estes facinoras talvez esqueçam que "o anonimato é a arma dos covardes" e além disso é proibido pela Constituição Federal de nosso país. Logo constitui crime. Todavia nós do "A Nova Cruzada" juntamente passaremos a ajudar desde então no combate a Intolerância Religiosa, contribuindo junto às autoridades competentes tais como a Polícia e a Comissão de Intolerância Religiosa. Deste modo faremos com que tais indivíduos ditos religiosos passem a cumprir a lei se não por puro senso de cidadania, ao menos pela imposição da mesma pura e simplesmente.
O mais interessante em tudo isso é que com toda a má propaganda, o Islam é a maior e a religião que mais cresce em todo o mundo.
Quanto a suposta submissão da mulher, é interessante notar que no Brasil de cada 10 pessoas que se revertem ao Islam 7 são mulheres. Vocês acham que elas iriam aderir a uma religião que as limitasse?
Se o leitor estiver disposto a conhecer realmente o que é o Islam e quem são os muçulmanos, recomendamos que busquem na fonte do conhecimento, e não de ignorantes que querem apenas subverter a lei e enganar a seus seguidores. Por isso indicamos abaixo uma lista de sites de instituições sérias que poderão ser consultado.
Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro - SBMRJ www.sbmrj.org.br
Centro de Divulgação do Islam para a América Latina - CDIAL www.islambr.org.br
Conhecer o Islam www.conheceroislam.com.br
Centro Cultural Beneficente Islâmico de Foz do Iguaçu www.islam.com.br
Assembléia Mundial da Juventude Islâmica - WAMY www.wamy.org.br
Ziad - A Voz Muçulmana na Internet www.ziad.hpg.ig.com.br
Alcorão.com.br www.alcorao.com.br
Pesquise, procure saber, não se torne marionete nas mãos de pessoas de má fé.

domingo, 21 de março de 2010

“As mulheres Oprimidas no Islam”

Navegando pela net, como de costume, encontrei no youtube o vídeo "Submissão, as mulheres oprimidas no Islam" www.youtube.com/watch?v=h6zVuebYnfg . Mas um, entre tantos vídeos, feito com a única intenção de degradar o Islam.
O Vídeo deixa claro que a "atriz" (isto que aquela mulher é, uma atriz representando um papel) não é muçulmana ou de família muçulmana como afirma, e que foge às regras do Islam de todas as formas possíveis.
Alguns detalhes que fazem a farsa "gritante":

Corpo tatuado: O muçulmano não pode fazer tatuagens, os muçulmanos que têm tatuagens, as fizeram antes de serem muçulmanos.

O motivo das tatuagens: As tatuagens da "moça em questão" são textos do Alcorão. Há um respeito muito grande por parte dos muçulmanos ao que se refere aos "Livros Sagrados" em geral, especialmente o Alcorão. Um muçulmanos não pode sequer "tocar" o Alcorão se estiver impuro, e é proibido levar qualquer escritura sagrada ao banheiro, por exemplo. Como um muçulmano tatuaria trechos do Alcorão no próprio corpo, sabendo que ele fica impuro quando tem relações sexuais, por exemplo, e que estaria levando consigo textos sagrados toda vez que fosse ao banheiro?...

A nudez: Embora a moça "se diga" decentemente vestida, todo o seu corpo pode ser visto através de sua roupa extremamente transparente. A única coisa que ela fez questão de esconder foi o rosto, que é no Islam uma questão "cultural" e não religiosa, pois o Alcorão diz à mulher que mostre apenas o rosto, as mãos e os pés, cobrindo todo o resto, ou seja, a mulher não tem que cobrir o rosto, se ela o fez deve ter sido para preservar sua identidade, afinal, ela mente e distorce os fatos do início ao fim, teria que ser muito "cara de pau" para expor sua verdadeira face.

Sobre o vídeo em si:

A moça cita um texto do Alcorão, sobre a punição para os adulteros. A punição existe não só no Alcorão como também na Bíblia. A partir do momento que ela sabia que estava "adulterando", porque a "surpresa" ou "decepção" pela punição prevista? E até onde se sabe, a punição para adultério é "apedrejamento" e não chibatadas. Assista aos vídeos: www.youtube.com/watch?v=PXJpnuCumhU&feature=related / www.youtube.com/watch?v=ADGKpaVH4xY&NR=1 .

Voltando ao vídeo em questão, ela alega que seu pai impôs seu casamento. De acordo com o Islam, a mulher tem o direito de dizer se aceita ou não casar-se, portanto, se houvesse algum motivo para recusar seu pretendente, ela o teria feito. Se ela casou foi porque quis!

Ela sente repulsa pelo seu marido "Aziz", mas não sente o mesmo relação a "Rahman", com quem teve um relacionamento sendo casada. Ela chama isto de "amor", eu chamo isso de "safadeza", "deslealdade", "canalhice"... Se ela não ama o marido, deve divorciar-se dele, e se o amante a ama, deve casar-se com ela após o divórcio.

Ela diz que apanha do marido pelo menos uma vez por semana, que a vida dela com o marido é muito difícil e que ela se guarda na ausência do marido, que só sai com a permissão do pai, e que o tio, Hakim, a estupra. Vejamos: De acordo com o relato da moça, ela "se guarda" é nos braços do tal de Rahman, o que justifica a dificuldade na convivência. Quem gosta de ser traído? Se ela só sai com a permissão do pai, será que o pai da permissão para ela se encontrar com o amante? E quanto ao tio, ele a estupraou ela que se oferece? é mais fácil acreditar na honra do "tio", visto que ela deixa claranão ter nhenuma!

Nada justifica a violência do marido. O Islam não apóia a violência!Que fique bem claro aqui que a violêcia contra a mulher é extremamente intolerável, mas que acontece em todo o mundo, não sendo uma "exclusividade do Islam", ao contrário: Todo mundo enche a boca para falar das agressões sofridas pelas muçulmanas, das agressões sofridas pelas cristãs, por exemplo ninguém fala! Assista www.youtube.com/watch?v=7uQN0qoVzbw&feature=related . As mulheres deste vídeo, por exemplo, não são muçulmanas!


As mulheres no Islam, ao contrário do que todos gostam de pensar por ignorância ou conveniência, não são submissas, oprimidas ou inferiorizadas. As mulheres no Islam têm direitos que só foram adquiridos pelas outras mulhereshá bem pouco tempo.
Ao contrário do que se pensa:
  • A mulher não se casa contra a vontade, obrigada pelos pais. Ela tem direito de recusar seus pretendentes e tem direto ao divórcio.
  • O marido não toma decisões sem a participação da esposa, os dois têm que estar de acordo.

A mulher tem o direito de estudar e trabalhar, e o fruto do seu trabalho é exclusivamente para o seu uso, cabendo ao homem o dever de sudpri-la em todas as suas necessidades, mesmo que ela tenha condições de fazê-lo.

A mulher pode ir à praia, passear ou viajar e conhecer lugares e pessoas, isso não é pecado e ela não é prisioneira da sua família!

O uso do "hijab" (véu) é um dever da mulher muçulmana, mas acima de tudo é um direito dela. ***O uso do véutambém é imposto pela "Torah" e pela "Bíblia", só não é respeitado ***.

Para finalizar, esclareço que NÃO HÁ"mulheres oprimidas no Islam!!!". Há um grande interesse em deturpar a imagem dos muçulmanos para tentar impedir o crescimento do Islam, que é inevitável, pois já é a religião com maior numero de adeptos no mundo!

Assista:www.youtube.com/watch?v=51UxBWnn3Nk&NR=1 / www.youtube.com/watch?v=LeR_twNK2h0ature=related .

Para pensar:

Se o Islam fosse ruim e desvaliruzasse, oprimisse, subjugasse as mulheres, por que, a cada dia mais e mais mulheres se tornariam muçulmanas?

sábado, 20 de março de 2010

Islam: Violento?

Temos observado já há alguns anos, o quanto certos pastores, missionários e instituições de linha pentecostal e neopentecostal vêm a todo custo tentando difamar o Islam, mesmo que para isso seja necessário utilizar de subterfúgios nem sempre tão honestos.

Como exemplo podemos citar que estes ao terem suas escrituras questionadas sempre utilizam-se do bordão: "mas tem que se ver o contexto". E de fato temos sempre que ver o contexto daquilo que estamos abordando. Porém quando este contexto se trata da nossa escritura sagrada, a saber: O Alcorão, todo contexto é esquecido. Veja por exemplo que muitos utilizam o versículo abaixo para afirmar que o Islam é terrorista, e que o terror tem base no Alcorão: "E matai-os, onde quer que os acheis. (Sagrado Alcorão - 2:191)". Note porém que este é apenas um excerto de todo o versículo. E este versículo se refere aos idólatras e não aos cristãos. Ora, se os mesmos tomam tal passagem para si, assumem também automaticamente serem idólatras. Porém todo o versículo no contexto diz exatamente o seguinte: "E combatei, no caminho de Allah, os que vos combatem, e não cometais agressão. Por certo, Allah não ama os agressores. E matai-os, onde quer que os acheis, e fazei-os sair de onde quer que vos façam sair. E a sedição pela idolatria é pior que o morticídio. E não combatais nas imediações da Mesquita Sagrada, até que eles vos combatam nela. Então, se eles vos combaterem, matai-os. Assim é a recompensa dos renegadores da fé. E, se eles se abstiverem, por certo Allah é Perdoador, Clemente. (Sagrado Alcorão - 2:190-192).

Bem, após este texto muitos "religiosos" desta classe poderão dizer que o Alcorão é violento e fomenta o terrorismo e o morticídio, e que a Bíblia é verdadeiramente a palavra de Deus, sendo qualquer outro livro puro charlatanismo. Bem se assim é, vejamos o que diz a Bíblia sobre o tratamento que deve ser dado ao idólatra, mesmo que este não combata os fiéis a Deus: "Quando surgir em teu meio um profeta ou um intérprete de sonhos, e te apresentar um sinal ou um prodígio, - se este sinal ou prodígio que ele anunciou se realiza e ele te diz: 'Vamos seguir outros deuses (que não conheceste) e servi-los', - não ouças as palavras desse profeta ou desse intérprete de sonhos. Porque é Iahweh vosso Deus que vos experimenta, para saber se de fato amais a Iahweh vosso Deus com todo o vosso coração e com todo o vosso ser. Seguireis a Iahweh vosso Deus e a Ele temereis, observareis Seus mandamentos e obedecereis à sua voz, a Ele servireis e a ele vos apegareis. Quanto ao profeta ou intérprete de sonhos, deverá ser morto, pois pregou a rebeldia contra Iahweh vosso Deus, que vos fez sair da terra do Egito e vos resgatou da casa da escravidão, para te afastar do caminho que Iahweh teu Deus te ordenou caminhar. Deste modo extirparás o mal do teu meio.
Se teu irmão - filho do teu pai ou da tua mãe, - teu filho, tua filha, ou a mulher que repousa em teu seio, ou o amigo que é como tu mesmo, quiser te seduzir secretamente dizendo: 'Vamos servir a outros deuses', deuses que nem tu nem teus pais conheceram, - deuses de povos vizinhos, próximos ou distantes de ti, de uma extremidade da terra à outra, - não lhe darás consentimento, não o ouvirás, e que teu olho não tenha piedade dele; não use de misericórdia e não esconda o seu erro. Pelo contrário: deverás matá-lo! Tua mão será a primeira a matá-lo e, a seguir, a mão de todo o povo. Apedreja-o até que morra, pois tentou afastar-te de Iahweh teu Deus, que te fez sair da terra do Egito, da casa da escravidão. E todo Israel ouvirá, ficará com medo e nunca mais se fará uma ação má como esta em teu meio.
Caso ouças dizer que, numa das cidades que Iahweh teu Deus te dará para aí morar, homens vagabundos, procedentes do teu meio, seduziram os habitantes de sua cidade dizendo: 'Vamos servir a outros deuses', que, não conhecestes, deverás investigar, fazendo uma pesquisa e interrogando cuidadosamente. Caso seja verdade, se o fato for consumado, se esta abominação foi praticada em teu meio, deverás então passar a fio de espada os habitantes daquela cidade. Tu a sacrificarás como anátema, juntamente com tudo o que nela existe. Reunirás todos os seus despojosno no meio da praça pública, e queimarás completamente a cidade e todos os seus despojos para Iahweh teu Deus. Ela ficará em reuínas para sempre e nunca mais será reconstruída. Nada do que for sacrificado como anátema ficará em tua mão, para que Iahweh abençôe o furor da sua cólera e te conceda o perdão, tenha piedade de ti e te multiplique, conforme jurou aos teus pais, no caso de teres obedecido à voz de Iahweh teu Deus, observando todos os seus mandamentos , que hoje te ordeno, e praticando o que é reto aos olhos de Iahweh teu Deus. (Dt.13:2-19)".

Bem, comparemos os dois textos acima e tiremos as nossas conclusões. Lembremos que o texto bíblico foi escrito bem antes do texto Alcorânico. Também notemos que de acordo com o Islam, para combatermos a um infiel é necessário que ele nos agrida antes, e só assim em legítima defesa poderemos revidar. Porém a Bíblia - na concepção de tais missionários cristãos - que é a verdadeira palavra de Deus intacta, diz que não é necessário nem mesmo que eles nos combatam, mas que temos o dever de matar não apenas os idólatras, mas todos que estejam a sua volta como também destruir seus pertences a ponto de tornar impossível que reconstruam suas vidas. Pergunto ao leitor: Qual religião fomenta o terrorismo? Lembrem-se que os cristãos na idade média no período das cruzadas que invadiram os países árabes como a Palestina com a desculpa de evangelizar, levar Cristo aos infiéis e defender os cristãos pacifistas que lá estavam destes renegadores de seu deus antromórfico. Mas defender de que se judeus, muçulmanos e cristãos daquela região viviam em harmonia? O fato é que depois de tais eventos as sinagogas e´mesquitas foram saqueadas. Mediante tudo isso... o Islam é que é violento?

Atualizações

Diversos são os pastores e missionários pentecostais e neopentecostais que divulgam materiais de supostas pessoas que abandonaram o Islam para se tornarem evangélicas, como se nossa religião fosse algo maléfico e de nenhuma credibilidade. Tais missionários obviamente só falam do que lhes convém. No entanto a partir desta semana o blog A Nova Cruzada passa a disponibilizar uma coluna onde os leitores poderão acompanhar casos em que cristãos protestantes também se reverteram ao Islam e estão convictos de sua decisão. Este é o caso do Ex Pastor João de Deus, um grande líder da Assembleia de Deus na Paraíba e no Brasil, que após diversos estudos sobre o Islam resolveu abraçar a causa de Allah.
Fique atento pois estaremos atualizando esta coluna sempre que houver algum caso em vídeos ou materiais que comprovem sem deixar a menor dúvida em nossos leitores, até mesmo porque como muçulmanos, temos um compromisso com a verdade.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Charge da Semana


Charge em homenagem a Israel por ocasião da visita do Presidente Lula ao país. Israel diz que o presidente do Irã Mahmud Ahmadinejad tem intenções assassinas, como se o Estado sionista fosse realmente preocupado com os Direitos Humanos. Nãos se esqueça que diariamente centenas de Palestinos são mortos pelo exército israelense. A falta de coerência entre palavras e ações realmente impera no governo de Israel, que lamenta pelo Holocausto vuvudo por eles, porém cria um novo Holocausto palestino diariamente, tendo já matado mais de 6.000.000 de cidadãos palestinos. O que diferencia os Sionistas de Hitler? A cor da bandeira?

terça-feira, 16 de março de 2010

Pedofilia com as Bençãos do Papa

Há algum tempo atrás, o governo federal lançou uma campanha chamada "Todos Contra a Pedofilia". Porém pelo que temos visto a Igreja Católica Romana não tem se enquadrado em meio aos seus combatentes. Como já temos ouvido ano após ano, os casos de abusos sexuais com crianças apenas crescem dentro da instituição, e como sempre, nenhum dos responsáveis é preso, mas afastado da cidade, transferido, e assim a impunidade continua a reinar na Igreja e no Estado. Tudo isso sob o comando do senhor Joseph Ratzinger. Mas conhecido pela alcunha de Papa Bento XVI, líder máximo da instituição, que cujo seu dogma é um ser humano "infalível".

O "A Nova Cruzada" crê que não há justificativa para tais atrocidades para com seres tão inocentes como as crianças. Porém boa parte desses problemas poderia ser resolvido se o Sr. Bento XVI assinasse uma simples liberação permitindo o casamento ao seu clero. O que diga-se de passagem, é permitido e recomendado nas três principais religiões monoteístas a saber: Islam, Judaísmo e Cristianismo. Na própria Igreja Ortodoxa (igreja católica do Oriente), seus padres já podem ser casados há vários e vários séculos. Um Rabino também não pode exercer a função e ser nomeado como tal se não for casado, e igualmente assim no caso de um Sheikh.

Esta semana os Monsenhores: Luiz Marques, Edilson Duarte e Raimundo Gomes se envolveram em um escândalo sexual na cidade de Arapiraca - Alagoas. Os padres são acusados de pedofilia, pois praticavam sexo com os coroinhas (acólitos). Porém o Bispo Valério Breda apenas afastou os mesmos, como já era de se esperar, mas nenhum deles sofreu qualquer penalidade civil. Com o apoio velado da Igreja Católica Romana desta forma, muitos de seus clérigos têm visto um campo fértil para colocarem em prática seus pensamentos depravados, fazendo com que a instituição perca a razão ao dizer em suas missas que "a Igreja é Santa mas também é pecadora". Gostaríamos que qualquer um que pudesse ver atos criminosos desta estirpe nos mostrasse qualquer grau de santidade então presente, pois ou a mesma vem sendo profanada por aqueles que deveriam protegê-la, ou a Igreja Católica Romana tem se vendido também cada vez mais ao bel prazer de seus dirigentes.
Óbrio, sabemos que existem pessoas de má índole em todas as instituições. Mas quando esta instituição protege aqueles que cometem um infração de tal vulto, ela não apenas é omissa como também conivente com o erro.
Veja o vídeo sobre o acobertamento de Bento XVI a padres Pedófilos: http://www.youtube.com/watch?v=cIRpGLVvXMY

domingo, 14 de março de 2010

Bíblia no Porta-Luvas e Fuzis no Porta-Malas

Esta semana os brasileiros puderam acompanhar pela mídia a prisão de Sebastião Brás Neto, Felipe Jorge Freitas e Francisco de Moura. Os três, pastores da Igreja Mundial do Poder de Deus, fundada pelo "Apóstolo" Valdemiro Santiago. Eles foram abordados por policiais rodoviários federais na BR-262 que liga Campo Grande a Corumbá no Mato Grosso do Sul, e ao terem seu carro revistado foram encontrados atrás do forro do mesmo, sete fuzis desmontados. Ao serem questionados pelos policiais os pastores confirmaram que as armas seriam entregues a traficantes de drogas do Morro do Martins na cidade de São Gonçalo - RJ, onde receberiam R$20.000,00 por cada fuzil. As armas são do modelo M-15 de fabricação norte-americana e utilizados em guerra.
A Igreja que apresenta programas diariamente em dois canais de TV - no Rio de Janeiro - não quis se manifestar a respeito.

Famílias vão às igrejas desta denominação e muitas dão o pouco dinheiro que têm, como oferta ou dízimo, pois este é um mandamento de Deus. Porém pergunto aos leitores: E o destino desse dinheiro também é para a obra de Deus?

Dia após dia mais escândalos vêm à tona, e essas igrejas que utilizam slogans como: "A Mão de Deus está aqui", ou "O Bom Pastor dá a vida pelas suas ovelhas" se contradizem mais e mais, mostrando que seus ideais não têm nada de divino, mas puramente humano, e tão humano que chegam pertencer ao submundo do crime. Mas o que mais nos espanta em tais instituições é que as mesmas difamam e tentam denegrir a todo custo as outras religiões como o Islam por exemplo.
A Palavra de Deus passou a ser tão profanada que possuir uma Bíblia nestes antros criminosos é no mínimo uma ofensa ao nome do Senhor dos Mundos.
Quantas vezes vemos estes "religiosos" chamando o Islam de terrorismo? Porém como chamaríamos atos como este? Você ainda acha que esta pode ser a verdadeira "igreja" de Deus? Acha que estes lobos em pele de "ovelhas" podem ser chamados de Sacerdotes? Enfim... quem são os reais terroristas nesta sociedade que tenta evangelizar os muçulmanos, mas exala o odor putrefacto da degradação moral e espiritual?


A verdade está aparente, cabe a você decidir de que lado quer ficar. Pense... certamente nem a "mão" de Deus, nem mesmo o próprio Deus está abençoando onde se praticam atos tão ignóbeis.
Para aqueles que duvidam, acompanhem a reportagem pelo youtube: http://www.youtube.com/watch?v=5UYlPeDQLbM

quarta-feira, 10 de março de 2010

Promiscuidade Disfarçada


Se você leitor é pai ou mãe de adolescentes, fique atento, pois mais uma vez a falta de valores morais tem assolado o público jovem. Agora a mais nova onda entre eles são as chamadas "pulseiras do sexo". Umas simples pulseiras coloridas no braço de seu filho ou filha pode significar muito mais que mero enfeite. De acordo com as cores da mesma eles podem estar se propondo até mesmo a sexo com desconehcidos, e com isso vem logicamente uma série de problemas como: AIDS, outras doenças sexualmente transmissíveis e até mesmo uma gravidez. E esta ultima para os adolescentes que ainda estão em uma fase de instabilidade pode ser fatal, tanto para os adolescentes, como para os pais e principalmente para o bebê em si.
Além dos aspectos físicos aqui abordados, cabe salientar também o aspecto moral e psicológico destes jovens que acabam por se oferecer e tornam-se descartáveis, e estes serão os pais de amanhã. Pais libertinos não podem gerar e criar crianças saudáveis.
A sociedade atual tão promíscua e vulgar tem tentado a todo custo invadir até mesmo os lares de famílias que ainda tentam se apegar aostradicionas valores humanos. Fique de olho, esta é também uma responsabilidade sua.
Para que fique esclarecido os efeitos tão nefastos de tal prática segue acima deste artigo uma tabela com o significado das cores. Caso o parceiro arrebente uma dessas pulseiras, o outro deverá fazer o que aquela cor quer dizer. Você já imaginou seu filho ou filha de 13, 14 ou mesmo 15 anos se entregando a qualquer um como um produto descartável?
Coíba o uso de tais pulseiras por seus filhos.

Pentecostalismo: A Grande Crise de Identidade

Leitor, você já deve ter notado que a cada dia que passa, as igrejas de linhas pentecostal e neopentecostal se proliferam assustadoramente, assim como o mercado gospel que paralelamente está em franca expansão. Qualquer casebre hoje em dia abriga a sede internacional de uma "igreja missionária" onde seu pastor presidente além de não possuir formação que se possa chamar dignamente de "superior em Teologia", muitas vezes nem mesmo sabe ler corretamente ou falar corretamente. Com isso eles que muitas vezes vivem em uma difícil situação conjugal ou financeira, prometem milagrosamente o sucesso em todas essas áreas.

Percebemos que na maioria destas "igrejas" praticamente nada se acha que possa nos remeter ao Cristianismo, muitas delas tentam forjar um ambiente judaico, com a intenção de criar uma suposta idéia de autenticidade e fidelidade à tradição. Mas que tradição? Se para os mesmos o Profeta Jesus (A.A.S.) era judeu, o mesmo jamais teria ensinado qualquer religião diferente além do Judaísmo. Porém como cremos, todos os profetas eram sim muçulmanos. Lembre-se inclusive que a palavra "muçulmano" quer dizer: "Aquele que é submisso à vontade de Deus".

Há inclusive alguns desses pastores que quando não utilizam nomes de cunho cristão, tentam a todo custo reviver o judaísmo. Porém isto não passa de uma farsa, pois qualquer pessoa que creia no Messias Jesus (A.A.S.) como sendo Deus, ou filho de Deus, jamais poderá ser judia, mesmo que se intitule como judia messiânica. Tais pastores chegam ao cúmulo de se auto-intitularem "Rabinos" ou então judeus. Porém de acordo com a religião judaica, é inadimissível um "Rabino" que não tenha sido formado por uma escola rabínica. Todas elas atualmente com sede na Palestina, atualmente chamada indevidamente de Estado de Israel. Com isso cresce as "instituições" - até mesmo sem registro - que com isso enganam os mais incautos. Para reforçar o que dizemos neste artigo resolvemos colocar um link em que se poderá ver um pseudo-rabino (Davi Meneses) sendo desmascarado por judeus autênticos. Talvez assim esta postagem sirva de advertência aos mais desavisados para que não creiam em qualquer, entregando-se assim a práticas deturpadas e até mesmo idólatras. Veja o link: http://www.youtube.com/watch?v=RAhIR0jb7nQ

Querido leitor, lembre-se que se a nossa Constituição Federal permite o livre direito ao culto religioso em seu artigo 5º, também pune a falsidade ideológica, pois esta é crime previsto em lei. Não seja vítima de impostores, ou como diz a terminologia cristãs: dos "falsos profetas".
É interessante notar que tais instituições tentam a todo custo difamar o Islam, porém esquecem-se que Jesus (A.A.S.) não passa de um charlatão para judeus ortodoxos, porém para os muçulmanos ele é de fato: o messias, um enviado de Deus, um mensageiro de Deus, um servo de Deus e o verbo de Deus. Somente não o adoramos nem como filho de Deus e menos ainda como o próprio Deus, pois se assim o fizéssemos estaríamos incorredo no mais grave dos pecados: a idolatria.

domingo, 7 de março de 2010

Manifesto à Nação Brasileira



Cidadãos Brasileiros
Salam Aleikum wa Rahmatullahi wa Barakatu!
(Que a paz, a misericórdia e a benção de Deus esteja com vocês!)
Sabemos que desde o pseudo descobrimento de nossa pátria, seus exploradores jamais tiveram a real intenção de fundar uma nação, mas de extrair todos os recursos naturais que tivéssemos até que chegassem à escacez. assim teriam todo o lucro possível e então iriam embora, deixando aos reais donos da terra, ou seja, os nossos índios em difícil situação. Desta forma o Brasil já começou sua existência "civilizada" tendo suas benesses tomadas por aqueles ganaciosos conquistadores que já tinham muito e queriam cada vez mais em detrimento daqueles que tinham o suficiente para a sua subsistência, tirando da natureza tudo o que precisavam, mas preservando-a e deixando-a intacta. É interessante como o homem de então dito "não civilizado" sabia viver harmoniozamente com o seu habitat natural enquanto os ditos civilizados tiranamente depredavam tudo o que viam pela frente. E ainda hoje tem sido assim.
Hoje o que vemos são os governos federal, estadual e municipal se afundando dia após dia continuamente nos dejetos putrefactos da imoralidade, da desonestidade, da falta de hombridade e da corrupção. Muitos são os políticos que discursam nos horários eleitorais com bela retórica mas sem nenhum senso de compromisso. Prometem o que já sabem de antemão que não irão cumprir. Para estes basta roubar descaradamente os cofres públicos onde o povo brasileiro já tão enganado e massacrado deposita as suas tão suadas contribuições. Digo roubar pois não há qualquer palavra mais branda para aqueles que tiram o leite das bocas das crianças carentes, para poderem sustentar seus caprichos, e para não deixarem faltar o "sagrado" caviar em suas mesas. Enquanto isso os cidadãos brasileiros, morrem de fome e também por balas perdidas, enquanto seus governantes transitam pelas ruas com seus carros blindados. Tais parasitas sociais sugam tudo que lhe for de proveito e que estiver pela frente, podendo ao final de poucos anos se aposentarem.
Já a mídia brasileira através de todos os seus meios de comunicação parece contribuir mutuamente para um processo de aculturação do povo brasileiro, levando música de má qualidade com conteúdos vazios e muitas vezes pornográficos, ou ainda com um português que ofende profundamente a norma culta de nosso belo idioma. Tudo isso gera indivíduos sem a menor consciência política ou cultural, o que é altamente benéfico para aqueles que querem continuar sua carreira criminosa junto às suas quadrilhas, utilizando títulos pomposos tais como: Ministros, Senadores, Deputados, Vereadores e Prefeitos.
Diante de tudo isso o povo brasileiro conformista e apático assiste a sua derrocada sem fazer coisa alguma esquecendo que segundo a nossa Constituição Federal, "todo poder emana do povo".
Não se deve partir para o radicalismo de uma luta armada por exemplo, pois segundo a nossa crença Deus não aprova os agressores. Porém deve-se entrar no campo de batalha de forma pacífica, porém ativa: exigindo seus direitos, e abandonando desde já o famoso mas nefasto "jeitinho brasileiro", cobrando a todos os politicos que estão atualmente no poder o que devem fazer e pedindo inclusive prestações de contas. E caso não o façam, lembre-se de divulgá-los entre amigos ou menos na mídia se tiverem a possibilidade, para que sejam esquecidos nas próximas eleições, assim como esqueceram os seus eleitores. Não votem mais naqueles conhecidos como os que "roubam mais fazem", ou "roubam menos". Políticos são colocados no governo para administarem bem nosso país, estado e munícipio e não para serem bandidos engravatados. 2010 é ano de eleição. Se todos nós passarmos a anular os nossos votos, estaremos mostrando aos governos do Brasil a nossa insatisfação, e assim insha'Allah (se Deus quiser) poderemos mudar este quadro.
Lembre-se do velho adágio de D. Quixote: "Sonho que se sonha só é apenas um sonho, sonho que se sonha junto torna-se realidade".

Globo: Desinformação e Deturpação.... Agente vê por aqui

Mais uma vez a Rede Globo de televisão leva uma personagem "muçulmana" à telinha. Porém ela demonstra que não é feita nenhuma pesquisa para se abordar um determinado assunto. Este o caso da personagem Samira de Malhação, vivida pela atriz Thaís Botelho. Na novela jovem, a menina recém chegada do Irã pode até se vestir como muçulmana para os mais desavisados, porém de acordo com o Islã são encontrados erros gritantes, primeiro em suas vestimentas, pois Samira usa blusa com manga 3/4, enquanto o correto para uma muçulmana é cobrir todo o braço. Segundo a mesma deixa a vista seus brincos, porém o Sagrado Alcorão diz que devem ser cobertos os adornos. Isto inclui tanto os naturais como os cabelos, como também os artificiais, neste caso, os brincos. A mulher muçulmana deve deixar aparente apenas o rosto os mãos e os pés.
Quando este artigo foi escrito, o verbete "Samira Malhação" no Google foi encontrado 3.240 vezes, o que mostra que o Islam tem despertado curiosidade nas pessoas, porém a mídia tendenciosa tem levado os reais interessados como sempre para uma informação distrocida e ao extremo oposto do que realmente é praticado pelos muçulmanos.

Em episódios recentes de Malhação, Samira propõe a Bruno, seu pretendente, que ambos passem a viver numa situação intermediária entre o apenas "ficar", muito comum no Brasil, e o casamento, que seria normal para uma muçulmana, e ainda diz que neste meio termo ele não precisaria se reverter ao Islam. Nada mais errado. De acordo com o Sagrado Alcorão e a Sunnah (Tradição) do Profeta Muhammad (S.A.A.S.) uma muçulmana só pode se casar com outro muçulmano, além disso não existe qualquer situação intermediária entre esse período. Muçulmanos não namoram. Pede-se a pretendente em casamento e se casa. Não há inclusive contato físico nenhum neste período, nem mesmo pegar na mão ou que seja um simples toque no ombro, e menos ainda um beijo, como já ocorreu na novela.
O que ficamos estupefatos é que diversos protestos de muçulmanos em todo o Brasil são feitos e enviados para a emissora, que sempre vem com a desculpa padrão de que fez com a maior das boas intenções e que queria com isso homenagear o Islam e os muçulmanos. Porém como diz aquele velho ditado brasileiro: "de boas intenções o inferno está cheio".
A personagem Samira se refere sempre ao Islam como sua "cultura", porém não vivemos apenas uma cultura, trata-se de um sistema de vida que vai muito além da "simples cultura". Temos dentro do Islam: um sistema político, penal, religioso, de etiqueta e muito mais.

Erros gritantes ocorreram também quando a mesma emissora passou em sua tela a novela "O Clone". Porém diversos atores fizeram um seminário na sede da Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro - SBMRJ, sediada na Rua Gomes Freire, 176 2º andar, Sl. 205, no Centro do Rio. Porém ao ir para o ar, muitas coisas que eram aprendidas eram deixadas de lado.
Este tipo de desinformação faz com que na verdade algumas meninas até se interessem em se tornar muçulmanas, porém com uma concepção errada do que encontrarão pela frente e terão que praticar. Por exemplo: o hijab (véu), não é uma peça opcional no vestuário feminino muçulmano, é obrigatório e a mulher que desejar abraçar o Islam como sua religião, deverá saber desde então que deverá usá-lo toda vez que estiver diante de alguém que não pertença a sua família de 1º grau, como: seus pais e seus tios.
Para aqueles que desejarem ter informações corretas sobre o Islam, recomendamos acessar os links na coluna direita do nosso blog, ou então o site da Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro - SBMRJ que também está lá ( http://www.sbmrj.org.br/ ). Os que moram na cidade do Rio de Janeiro, estão convidados a comparecer em nossa Mesquita nas orações coletivas todas as sextas-feiras às 12:00h. A Mesquita Al Nur (Mesquita da Luz) está situada na Rua Gonzaga Bastos, 77 - Tijuca - Rio de Janeiro. Lá poderão ser tiradas dúvidas com o nosso Diretor do Departamento Educacional e Divulgacional: Sr. Sami Armed Isbelle, também autor dos livros "Islam, sua Crença e Sua Prática" e "O Estado Islâmico e Sua Organização", como também com o nosso Imam, Sr. Munzer Armed Isbelle, também autor dos livros: "Sob as Luzes do Alcorão" e "Descobrindo o Islam".

quinta-feira, 4 de março de 2010

Hipocrisia Americana

A atual Secretária de Estado dos U.S.A., Hilary Clinton vistou o Brasil esta semana pedindo apoio do Governo Federal para ajudar aos Estados Unidos na repressão ao Irã quanto à utilização da energia nuclear.

Bem, creio que fica clara a hipocrisia americana, pois segundo a própria secretária, os U.S.A. temem que Ahmadinejad torne o seu país uma potência nuclear, colocando assim em risco a paz mundial. Nos perguntamos porém se tal preocupação refere-se a que ele se torne uma potência nuclear ou uma potência mundial, tomando assim o status do Tio Sam?

Se a paz e a segurança mundial são os motivos reais para esta visita ao Brasil, por que o próprio país não desarma suas bombas nucleares, não retira seus soldados dos países do oriente médio e não para de financiar o Estado Sionista de Israel? Da parte do A Nova Cruzada, estamos até então a favor das propostas do Presidente Iraniano Mahmud Ahmadinejad que nada mas está fazendo que não baixar a cabeça tão covardemente como os outros países vêm fazendo diante do imperialismo americano e sionista.

Quanto ao nosso presidente, como já era de se esperar, o "Lulinha Paz e Amor" mais uma vez fica em cima do muro e dá respostas evasivas à imprensa utilizando-se da estratégia do morde-assopra.

Cremos que o caminho não é a revolução armada, como defendia alguns radicais comunistas no passado, mas se os países vizinhos ao Irã estão sendo invadidos de maneira tão espúria, porque não estar preparado para defendê-lo das ameaças americanas e israelenses? Pense, não seja manipulado pela mídia.

Rio de Janeiro: A Palestina Brasileira

Nós do A Nova Cruzada ficamos chocados ao ver o incidente ocorrido na Cidade de Deus no Rio de Janeiro, onde um ônibus foi queimado com passageiros dentro.

O que temos acompanhado pelos jornais, TVs e rádio é a derrocada do estado do Rio de Janeiro, e por que não dizer... da "Cidade Maravilhosa". De um lado temos o Sr. Sérgio Cabral que come às custas de cidadãos de bem trabalhadores que pagam seus impostos em dia, e que nada mais faz que aparecer em ocasiões em que autoridades internacionais vêm visitar o Rio, mas é incompetente o suficiente para se quer nos fazer lembrar que este estado, que já foi a capital do país possui um governador. Do outro lado temos o tráfico que é aceito e porque não dizer encoberto por tantas instituições públicas que fazem vista grossa ao problema. Enquanto isso o nosso povo espera em filas intermináveis nas UPAs, ou aguardam as ambulâncias do SAMU que não aparecem ao serem contactadas, cometendo assim o crime de Omissão de Socorro, ou ainda são atingidos por "balas perdidas", fruto da negligência de um governo que está mais preocupado em encher o bolso de seus integrantes que gerar receita para os cofres públicos.

O Rio de Janeiro assim como a Palestina - embora em menor grau - tem sido oprimido por aqueles que deveriam protegê-lo ou ao menos colaborar trabalhando lado a lado.

Quanto aqueles que vêm os muçulmanos como terroristas, apelamos à suas consciências para que pensem em quem são os verdadeiros terroristas: Israel que ataca covardemente aos palestinos que não têm com o que se defender ou a Palestina que dimnui dia após dia sem que Israel respeite os tratados e acordos de paz promovidos pela ONU, que hoje nas mãos do E.U.A. e do próprio Estado israelense é menos influente que um sindicato profissional. Quem são os terroristas no Rio de Janeiro? Alguns milhares de muçulmanos que são ofendidos e escarnecidos diariamente nas ruas, e vivem pacificamente em seus bairros, ou o estado omisso que faz alianças entre sua Secretaria de Educação e grupos de Funk que promovem a obscenidade e a falta de cultura com expressões como por exemplo: "É Nós Mané!".

O mais interessante em tudo isso é que o Secretário de Segurança Pública, Sr. José Mariano Beltrane ao ser questionado sobre tais eventos afirma sarcasticamente serem casos isolados. Isolados pois o mesmo e sua família andam com seguranças e carros blindados. Porém leitor, eu e você que pagamos os salários de tais sangue-sugas não temos os mesmos aparatos para nos protegermos. Mas o que podemos fazer? Simples: estamos chegando próximo às eleições majoritárias que ocorrerão neste ano no mês de outubro. Por este motivo, não vote naquele que promete isto ou aquilo, nem no que aprentemente "rouba menos", ou no que "rouba mas faz". Para protestar contra estes urubus, simplesmente VOTE NULO!