quinta-feira, 4 de março de 2010

Rio de Janeiro: A Palestina Brasileira

Nós do A Nova Cruzada ficamos chocados ao ver o incidente ocorrido na Cidade de Deus no Rio de Janeiro, onde um ônibus foi queimado com passageiros dentro.

O que temos acompanhado pelos jornais, TVs e rádio é a derrocada do estado do Rio de Janeiro, e por que não dizer... da "Cidade Maravilhosa". De um lado temos o Sr. Sérgio Cabral que come às custas de cidadãos de bem trabalhadores que pagam seus impostos em dia, e que nada mais faz que aparecer em ocasiões em que autoridades internacionais vêm visitar o Rio, mas é incompetente o suficiente para se quer nos fazer lembrar que este estado, que já foi a capital do país possui um governador. Do outro lado temos o tráfico que é aceito e porque não dizer encoberto por tantas instituições públicas que fazem vista grossa ao problema. Enquanto isso o nosso povo espera em filas intermináveis nas UPAs, ou aguardam as ambulâncias do SAMU que não aparecem ao serem contactadas, cometendo assim o crime de Omissão de Socorro, ou ainda são atingidos por "balas perdidas", fruto da negligência de um governo que está mais preocupado em encher o bolso de seus integrantes que gerar receita para os cofres públicos.

O Rio de Janeiro assim como a Palestina - embora em menor grau - tem sido oprimido por aqueles que deveriam protegê-lo ou ao menos colaborar trabalhando lado a lado.

Quanto aqueles que vêm os muçulmanos como terroristas, apelamos à suas consciências para que pensem em quem são os verdadeiros terroristas: Israel que ataca covardemente aos palestinos que não têm com o que se defender ou a Palestina que dimnui dia após dia sem que Israel respeite os tratados e acordos de paz promovidos pela ONU, que hoje nas mãos do E.U.A. e do próprio Estado israelense é menos influente que um sindicato profissional. Quem são os terroristas no Rio de Janeiro? Alguns milhares de muçulmanos que são ofendidos e escarnecidos diariamente nas ruas, e vivem pacificamente em seus bairros, ou o estado omisso que faz alianças entre sua Secretaria de Educação e grupos de Funk que promovem a obscenidade e a falta de cultura com expressões como por exemplo: "É Nós Mané!".

O mais interessante em tudo isso é que o Secretário de Segurança Pública, Sr. José Mariano Beltrane ao ser questionado sobre tais eventos afirma sarcasticamente serem casos isolados. Isolados pois o mesmo e sua família andam com seguranças e carros blindados. Porém leitor, eu e você que pagamos os salários de tais sangue-sugas não temos os mesmos aparatos para nos protegermos. Mas o que podemos fazer? Simples: estamos chegando próximo às eleições majoritárias que ocorrerão neste ano no mês de outubro. Por este motivo, não vote naquele que promete isto ou aquilo, nem no que aprentemente "rouba menos", ou no que "rouba mas faz". Para protestar contra estes urubus, simplesmente VOTE NULO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário