quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Brasil e Argentina Reconhecem Estado Palestino

Quando o Presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad afirmou o seu desejo de que Israel fosse varrido do mapa, todos ficaram apreensivos esperando que seu país o atacasse e assim acabasse com o Estado Sionista. Porém para a surpresa de muitos, pouco a pouco este objetivo vai sendo alcançado, e novos passos foram dados esta semana, quando o Brasil, seguido pela Argentina reconheceram a Palestina como país, e o Urugai e outros quatro países sulamericanos afirmaram que pretendem fazer o mesmo em 2011.
Se isso ainda não bastasse, o território palestino reconhecido é o mesmo anterior ao período da Guerra dos Seis Dias. Ou seja: Faixa de Gaza, a Cisjordânia e Jerusalém Oriental, onde se encontra a Mesquita de Al Aqsa. Primeira Qibla (ponto para onde se direcionam os muçulmanos para orar em todas as partes do mundo) do Islam e a terceira mesquita mais importante depois de Maka e Madina.
Com essa decisão Brasil e Argentina se unem aos mais de 100 países que reconhecem a Palestina como um País. Dentre eles se encontram: Rússia, China, Índia, África do Sul, países africanos de modo geral e também os países árabes.
Desta maneira a postura de Israel e E.U.A.. vão ficando cada vez mais isoladas, motivo pelo qual Hanan Asharawi, a primeira mulher a ocupar o Comitê Executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) afirmou: "Quanto mais países reconhecerem o Estado Palestino nos territórios ocupados por Israel, mais isolados ficarão as posturas opostas de Israel e E.U.A.".
Da parte do A Nova Cruzada, nós fazemos eco ao desejo de Mahmud Ahmadinejad de que Israel de fato suma do mapa, mas não da forma violenta e arbitrária como é característico do arbitrário Estado Sionista fazer, mas da forma como já está acontecendo Alhamdulillah (Graças a Deus).

Nenhum comentário:

Postar um comentário