terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Muamar Kadafi, o Rato Acuado

Caro leitor, imagine a seguinte situação: você está em casa, tranqüilo, quando de repente um rato enorme invade sua residência. Você tenta encontrá-lo mas ele rapidamente se esconde. Dias se passam e você começa a ver destruição à volta: documentos importantes encontram-se agora roídos; móveis estão danificados. Você começa uma busca incessante para encontrá-lo. Quando você consegue, estando frente a frente com ele, pega uma vassoura e tenta dar um fim nele. Afinal além da destruição causada, ele também é portador da peste e de mais uma série de doenças.
Ao encurralá-lo porém ele tenta a todo custo escapar, e para isso lhe ataca.
Qualquer semelhança da estória acima como Muamar Kadafi, o ditador da Líbia no poder há mais de 40 anos não é mera coincidência. Após os protestos do povo líbio para a sua renúncia, onde segundo a Folha de São Paulo pelo menos 400 cidadãos foram mortos por bombas lançadas a mando de Kadafi, o ditador apareceu na TV de seu país desmentindo os boatos de que estava na Venezuela. Em seu pronunciamento disse estar na capital Trípoli, e chamou seus opositores de "cachorros vira-latas".
O ditador líbio Muamar Kadafi, o próximo a cair
A cena é realmente deprimente, pois Kadafi, assim como fez Mubarak que subestimou o povo zombando dele, depois tentou impor a já perdida autoridade, mas era tarde e a sua aparente arrogância, firme e altiva como um obelisco egípcio caiu, assim como caiu também a ditadura da Tunísia.
Nós do A Nova Cruzada juntamente com todos os muçulmanos do mundo suplicamos a Allah que esta metástase política planetária tenha fim, e que o próximo a cair seja Israel, devolvendo assim a terra palestina aos seus devidos donos, ou seja, os palestinos.
Esperamos que o mundo ocidental também assuma a mesma postura, não aceitando mais a falsa democracia em que vive.
E agora Kadafi...?

Nenhum comentário:

Postar um comentário