terça-feira, 19 de abril de 2011

França: País Democrático?

Ódio e preconceito, é assim que Nicolas Sarkozy, o pior presidente da história da França, na opinião dos próprios franceses tem tratado aos imigrantes árabes e muçulmanos; e assim este homem vai tornando cada vez  mais amorfa e irreconhecível a cara do país da Liberdade, da Igualdade e da Fraternidade, subvertendo estas mesmas palavras.
No dia de ontem, 18 de abril de 2011, foi ao ar uma reportagem na Globo News em que mostra a verdadeira cara deste tirano irracional, que com o fomento de seu ódio leva seu própria país à derrocada segundo a opinião de especialistas. Veja a matéria.
A pressão contra árabes e muçulmanos é uma tentativa desesperada de tentar deter o crescimento do Islam, o que na verdade já sabem não ter mais volta. Porém para isso tenta-se utilizar de todos os artifícios possíveis: campanhas de conteúdo claramente anti-islâmicos como a proibição do uso do hijab (o véu islâmico feminino), e tantas outras. Porém de acordo com Francisco Carlos Teixeira, Professor de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, nada poderia ser pior para o país, pois a imigração em um país faz girar a sua economia.
Seja como for o Islam cresce, tanto com imigrantes depois das revoluções nos países árabes, quanto com os próprios europeus se tornando muçulmanos. E não é a toa que o conceito de "Eurábia" já está fortemente implantado, pois como pode-se ver em outros documentários apresentados anteriormente neste blog, a dominação quantitativa de muçulmanos na Europa (e na verdade no mundo) é irreversível.
Só achamos estranho que países europeus ou não, tidos como o supra sumo da democracia e exemplos de diplomacia no Ocidente como França, U.S.A. e Israel estejam mostrando cada vez mais o quão falsos  são em seus princípios, que são regidos eles sim pela ditadura, que em nada fica atrás da adotada por facínoras como Hosni Mubarak ou Muamar Kadafi.

2 comentários:

  1. A verdade é que o crescimento do Islan na Europa se dá unicamente via imigração e no Oriente Médio, África e Ásia via crescimento demográfico. A conversão de pessoas não mulçumanas é insignificante. O mundo nunca foi e nunca será do Islan. Deus nunca permitirá isso.
    Agora o desespero já está batendo é nos lideres de países de maioria mulçumana porque a adesão ao Cristianismo nesses países é altíssima, principalmente às denominações pentecostais, sem uso de armas e da força. Basta ver a repressão ao Cristianismo nesses países. É desespero, ou não é? Diferentemente, não existe um só país Ocidental ou de maioria cristã que fique colocando obstá-los para os mulçumanos praticar livremente sua religião.
    O caso de França não é apenas com relação ao Islan, uma vez que ela tem uma antiga tradição cristã e não permite o uso de símbolos cristãos em espaço público (o que é um absurdo).
    A verdade é que os mulçumanos só aceitam a democracia enquanto não são maioria em determinado país, pois quando se tornam maioria instalam ditaduras religiosas e todos os adeptos de outras religiões são considerados de segunda classe e OBRIGADOS a pagar impostos ao Estado Islâmico.
    Assim a democracia só serve quando são minoria e sem expressividade.

    ResponderExcluir
  2. Caro Francisco
    Salam Aleikum
    (Que a paz esteja contigo)
    Desculpe dizer, mas acho que você está desatualizado quanto a frase escrita por você em seu comentário acima sobre: "O mundo nunca foi e nunca será muçulmano. Deus nunca permitirá isso".
    Enfim, gostaria de lhe indicar um outro artigo de nosso blog que fala a respeito, e lá você poderá assistir documentários feitos não por muçulmanos, mas por cristãos evangélicos e católicos que mostra a expansão do Islam pelo mundo. Como você é um fiel leitor nosso (e agradecemos a sua visita constante) lhe eincamos aqui o referido artigo: http://anovacruzada.blogspot.com/2010/08/crescimento-do-islam-no-mundo-causa.html
    Além dele também você pode constatar o crescimento do Islam através de um artigo da BBC Brasil, um respeitado meio de comunicação de âmbito mundial. Nele é exposto que o Islam já superou em número de adeptos aos católicos que até então era a maior religião do mundo, e hoje é a segunda maior, sendo o Islam a primeira: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/story/2008/03/080330_vaticanomuculmanos.shtml
    Se os muçulmanos Sr. Francisco são tão abomináveis assim, porque será que as chaves da Igreja do Santo Sepulcro são guardadas há séculos por uma família muçulmana a pedido dos próprios cristãos? Veja o artigo: http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI101913-EI312,00-Jerusalem+celebra+missa+no+Santo+Sepulcro.html

    A resposta é: Porque estes não se entendem entre si mesmos. Um exemplo disso pode ser lido em outro artigo também da BBC: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2006/11/061129_bentoturquiag.shtml

    Dexo aqui um conselho ao senhor: atualize-se, estude, mantenha-se informado, pois de outra forma ficará apegado a coisas tiradas da sua própria mente e sem base para tal. Sr. Francisco, a utilização do intelecto é recomendada por Deus. Não é pecado pensar. Utilize esse direito. Pense...
    Ma Salam,

    Omar

    ResponderExcluir