quinta-feira, 7 de abril de 2011

Rio Amanhece de Luto

"Quem matar uma pessoa, sem que esta tenha cometido homicídio ou semeado a corrupção na terra, será considerado como se tivesse assassinado toda a humanidade". Sagrado Alcorão 5:32


Hoje o Rio de Janeiro acordou  com a triste notícia da chacina ocorrida na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, Rio de Janeiro - RJ, onde o jovem Wellington Menezes de Oliveira de 24 anos entrou disparando contra várias pessoas, deixando um rastro de 29 vítimas, das quais 12 mortas.
De acordo com uma carta encontrada de autoria do assino percebe-se claramente a sua perturbação mental. E há quem queira obviamente como o Sr. José Mariano Beltrame, atual Secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, fazer crer que Wellington era muçulmano, como pode ser visto no Jornal "O Dia" de hoje que diz: "De acordo com Beltrame, a carta continha frases desconexas, incompreensíveis e com teor fundamentalista. Wellington Menezes de Oliveira, de 24 anos, também menciona o islamismo e até mesmo práticas terroristas". Afinal é mais fácil colocar a culpa no Islam que na segurança pública do estado. Não é mesmo? 
E por falar nisso, senhores Secretário, Governador e Prefeito; é esta a cidade e o estado que recepcionarão as Olimpíadas e a Copa do Mundo? É esta a  Cidade Maravilhosa? 
O problema não está no desarmamento da população, afinal já foi realizado plebiscito sobre isso, e continuar batendo na mesma tecla depois que o povo já votou, é mais uma vez invalidar a sua voz. Teríamos sim que ter policiais nas portas dos colégios, e não em suas proximidades. E a culpa é do Islam Beltrame? Porém basta ler a carta na íntegra para ver que em nenhum momento Wellington aborda o Islam. Inclusive sobre isso, o Sr. Sami Armed Isbelle, Diretor do Departamento Educacional e de Divulgação da Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro - SBMRJ, afirmou em entrevista hoje a Rádio Globo de que Wellington Menezes de Oliveira jamais passou pela SBMRJ ou pela Mesquita da Luz, a única no estado do Rio de Janeiro, não sendo reconhecido como membro da comunidade.
Nós da equipe do A Nova Cruzada resolvemos iniciar este artigo com a Aya (que significa Sinal) do Sagrado Alcorão que mostra claramente o quanto a atitude deste indivíduo está em completo desacordo com o Islam. E através da carta vemos que Wellington não tinha qualquer conhecimento consistente sobre o Islam, devido ao seu teor. Basta ver sua própria atitude de matar inocentes e cometer suicídio, esperando premeditadamente o perdão divino.
Nós muçulmanos, do Rio de Janeiro, do Brasil e do mundo repudiamos este tipo de atitude, lamentamos pelas vítimas e nos solidarizamos com a dor de seus familiares.

6 comentários:

  1. Salam, incrível como nas últimas semanas o Islam têm sido alvo de especulações, preconceito e desrespeito. No trabalho hoje, as pessoas estavam insinuando que isso era "coisa de islâmico"... Li a carta que está disponível na internet e não há nada lá que fizesse referência ao Islam. As pessoas deveriam ter mais cautela em falar sobre o que não sabem, isso faz com que as pessoas comecem a repetir frases cheias de preconceitos e pior comecem a repetir e atribuir à religião, falas, comportamentos, atitudes que são totalmente contrárias ao Alcorão, totalmente contrários àquilo que o Islam ensina, defende. Fundamentalismo, terrorismo são sempre associados ao islam...as pessoas escutam, repetem, fazem associações equivocadas e nunca param para analisar, questionar e até mesmo procurar saber sobre a nossa religião que é justa que ensina sobre a paz e submissão a Deus. Essas situações me deixam muito triste, me incomodam e quando você tenta argumentar as pessoas não estão dispostas a ouvir, a analisar...preferem continuar repetindo àquilo que não sabem, àquilo que está na mídia...Já evoluímos tanto em termos de informação, por que é tão difícil conhecer o alcorão, ler sobre o Islam na internet ou qualquer coisa do gênero...por que é mais fácil repetir como “papagaios” algo que se ouve sem a menor fundamentação ou coerência... O Sr. Beltrame por meio de suas declarações precipitadas e sem conhecimento só faz instigar e fomentar a intolerância, preconceito e associações falsas à nossa religião. Que bom que seu blog como outros ( de irmãos e irmãs) estão sempre prontos a desmistificar e divulgar o verdadeiro Islam e os muçulmanos. Que Allah te abençoe sempre por esta iniciativa.
    Paz
    Luiza

    ResponderExcluir
  2. Cara, eu to vendo um monte de evangélico paspalho dizendo que esse pivete maluco era islamico, de onde eles estão tirando isso ? Na carta ele fala é em Jesus, Nossa Senhora etc.

    ResponderExcluir
  3. Caro Fildes


    Salam Aleikum

    Em primeiro lugar gostaria de dizer que disponibilizamos a carta na íntegra em meio ao nosso artigo, com um link para ela. Depois, que em nenhuma parte ele fala nem mesmo uma única vez que é muçulmano ou sobre o Islam.
    Essa questão de repetirem o que a mídia diz é comum infelizmente daqueles que resolvem aposentar seus cérebros para que a TV faça o seu papel. Não está ligado a religião propriamente dita. Embora esta também possa influenciar em tal comportamento.
    Quanto a "Nossa Senhora" ele não fala na carta. Mas quanto a Jesus sim, e a informação que ele dá sobre Jesus está em completo desacordo da visão islâmica. Logo mais uma prova irrefutável de que ele não era muçulmano.
    Chamo atenção para o detalhe, de que eu sou membro da única mesquita que existe no estado do Rio de Janeiro. Ou seja, se ele tivesse se tornado muçulmano teria passado por lá. E pasme, a Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro tem mais de 50 anos, e por lá nunca passou nenhum Wellington Menezes de Oliveira.

    Ma Salam,

    Omar

    ResponderExcluir
  4. Desculpe, realmente na carta ele não fala de nossa senhora, devo ter lido algo sobre isso em outro lugar, bem como o fato de que ele tinha problemas comas garotas, além de ser pinel é claro, já do filho dela ele fala e fala como se o cara fosse o messias "...fiz rogando para que na sua vinda Jesus me desperte do sono da morte para a vida" , ou seja, tá bem longe da visão islâmica. Já ví o Julio Severo e outra sucia de evangélicos (os mesmos que sempre usam qualquer coisa para denegrir o Islã e dizer o quanto Israhell é o máximo)

    A propósito, eu já tinha dito antes mas lembrando eu sou o Edu de um blog que você acompanhava antigamente.

    a carta em si não tem qualquer ligação nem possível nem provável com o islamismo então agora tentam escavar e literalmente "plantar" essa ligação na vida daquele zé ruela. Aqui tenho uma mesquita quase ao lado da minha casa, temos uma comunidade islâmica gande e tudo sempre funcionou em paz, a convivência com colônias árabes (com cristãos e muitos islâmicos) aqui sempre foi ótima, chega a doer ver um bando de protestantes com crise de identidade, não sabem direito se são cristãos ou judeus, querendo criar uma inimizade e uma má vontade coletiva contra um povo que na sua conduta sempre mostrou uma boa índole... além de uma das minhas culinárias favoritas tirando os pratos com carne rsrsrs.

    ResponderExcluir
  5. Ainda que ele fosse muçulmano, não tem cabimento atribuir a culpa ao Islã ou qualquer religião que seja!

    Foi tudo premeditado, até mesmo a carta que abre brechas à insinuação de simpatizar com o Islã... embora quem insinuou, agiu de maneira leviana, irresponsável!

    ResponderExcluir
  6. Ainda sobre o maníaco da cruz, e sua vida na internação/prisão:

    "O menor sempre teve comportamento exemplar na Unidade. Em dezembro de 2008 foi agredido por um companheiro de cela, levou 6 pontos na cabeça.
    “Se tivesse todos (internos) como ele, seria uma maravilha. Não daria alteração”, ressalta o diretor Paulo César Vilaverde Torraca. Paulo explica que o jovem fica em alojamento separado apenas devido ao tratamento psicológico que faz.
    Segundo o diretor, o rapaz faz todas as atividades que devem ser feitas em conjunto com os outros internos. O diretor enfatiza que o jovem é bom e calado. “Fica sempre na dele”."

    Se o assassino de realengo tivesse sobrevivido, seria o demônio na terra, devido a essas especulações sobre ele ser ligado ao Islã, mas o maníano da CRUZ, parece que está sendo comparado a um anjo de bondade...

    Eita país hipócrita esse nosso!!!

    ResponderExcluir