sexta-feira, 20 de maio de 2011

"Os Donos Do Mundo"



Breves perguntas e respostas:

- Por que Obama não defende reestabelecer as fronteiras de 1946?
Porque nesta época a Palestina era a Palestina e Israel não existia!

- Mas e os Judeus? Onde estavam nesta época?
Na Palestina! Onde conviviam em paz com os Muçulmanos!

- Se conviviam em paz, por que então toda essa guerra?
A guerra não é entre Judeus e Muçulmanos, a guerra é entre os sionistas, que querem invadir a Palestina e forçar a todo custo a existência do Estado de Israel (que NÃO EXISTE!) e os palestinos, que estão sendo expulsos de suas terras anos após anos sem que "o mundo" faça nada para alterar este fato.

- Quem foi que nomeou os EUA, a Rússia, a União Européia e a ONU como DONOS DO MUNDO?
A ONU, que "deveria" ser a Organização das Nações Unidas, nunca se manifesta quando necessário e quando se manifesta para algo, é sempre tomando partido para o lado errado...

- Por que eles querem defender as fronteiras de 1967?
Porque nesta época os sionistas já tinham tomado a maior parte das terras palestinas, inclusive Jerusalém, que serve de desculpa para todo e qualquer discurso para levar o assunto para o lado religioso, distraindo a atenção de todos para o propósito em si, que é puramente político!... Trata-se de obter poder, tomar terras, manipular países... Trata-se de dominar o mundo!...

"Israel há muito tempo se apresentava como a única democracia verdadeira em uma região antidemocrática, dominada por regimes corruptos ou autoritários." Isto é piada, não? Desde quando os invasores da Palestina são democráticos? Não vi nenhum regime mais corrupto ou autoritário do que este!

Entenda o Conflito Israel X Palestina:

Em 1897, os sionistas decidiram que os Judeus retomariam a Terra Santa. Imediatamente começaram a invasão da Palestina.Em 1903, já haviam 25 mil Judeus vivendo entre cerca de 500 mil árabes. Em 1914, com a I Guerra Mundial, já eram 60 mil Judeus e em 1948 somavam 600 mil. Ué? Os árabes continuaram sendo os mesmos 500 mil durante este período? O que houve com eles? Pararam de procriar? Houve alguma endemia que afetou somente os árabes? Estranho isso, não é?...

Estado Duplo:

A invasão aumentava e se tornava mais violenta, a medida que durante a II Guerra Mundial os Judeus fugiram dos nazistas na Europa. Em 1947, a ONU propôs um "estado duplo", dividindo um território em dois estados, um árabe e outro Judeu, tendo Jerusalém como "enclave internacional". Os árabes não aceitaram... Você aceitaria?... Então, um povo refugiado sei lá de onde, não sei porque, invade seu país e aí vem a ONU dizendo que você tem que dividir o seu país com aquele outro povo... Legal, não é mesmo?... NÃO!!! NÃO É LEGAL!!!...

As Guerras:

No dia 14 de maio de 1948, Israel declarou sua "existência". Em 1967, com a "Guerra dos Seis Dias", Israel tomou a Cisjordânia, as Colinas de Golán e Jerusalém (leste).

O Levante:

Em 1987, houve o primeiro "levante", quando jovens saíram às ruas para protestar contra a ocupação considerada ilegal pela ONU. A ocupação considerada "legal" pela ONU, de "legal" já não tinha nada, não é mesmo? Mas ainda assim, os israelenses atiraram e mataram crianças que jogavam pedras nos tanques, provocando a ?indignação? da comunidade internacional QUE NADA FEZ.
Em setembro de 2000 teve início o segundo levante, após Ariel Sharon (então primeiro ministro de Israel) ter "rondado as áreas próximas à mesquita de Al-Aqsa, considerada sagrada pelos Muçulmanos e parte do Monte do Templo, área sagrada também para os Judeus".

Hoje:

Israel permanece nos territórios invadidos da Palestina e cisma em dizer que existe, quando na verdade deveria ter vergonha de se afirmar!
Israel se nega a obedecer a ONU, que obriga Israel a se retirar de todas as regiões conquistadas durante a Guerra do Seis Dias. Na verdade Israel tinha que abandonar TODO o território ocupado e simplesmente SUMIR DO MAPA!
É engraçado como as pessoas falam dos "Boicotes dos Palestinos" em não reconhecer e aceitar Israel!... Se fosse aqui no Brasil, gente? Quem iria "reconhecer outro país sem ser o Brasil dentro do território brasileiro"? ACORDA, POVO!!!...
E com tudo isso, Israel ainda posa de vítima, se recusa a devolver "parte do território invadido", não aceita as propostas INDECENTES da ONU que beneficiam exclusivamente Israel, visto que a Palestina continuaria "partida", não permite que a paz se concretize na região e continua atirando nos inocentes palestinos que tentam defender suas casas... Pare para pensar... Se você fosse palestino, você faria o mesmo!...


E então, povo, quem é o "TERRORISTA OPRESSOR"?... Preciso dizer?... Acho que não!...

3 comentários:

  1. Fatimah, adorei esse post.

    Desculpa o palavreado, mas a MERDA já tá feita. 63 anos se passaram e Israel existe, sob mitos da Bíblia.

    Agora, é negociar uma solução para o povo Palestino. Foi oferecido a Cisjordânia, mas do alto da sua soberba, Arafat não quis. Ele não pensou nos palestinos.

    Não podemos esquecer que há muitos israelenses que não têm culpa dos rompantes desse desgoverno e dessa ideologia horrorosa! Ao contrário, há muitos que lutam pela paz e se sentem envergonhados!

    E, infelizmente, há radicais árabes também. Quando radicais se manifestam, fica muito difícil!

    Me chamaram de vergonhosa e antissemita por aderir à pagina da Intifada no Facebook. Que a intifada pregava aniquilação de Israel.

    Discordei porque muitos que aderiram são simpatizantes à causa Palestina, assim como eu, quer que o povo palestino recupere sua dignidade, tenha seu Estado.

    Para cada ideologia, há várias nuances: das mais moderadas às mais radicais.

    E muitas vezes, o povo tem que lutar! Ah, mas quando os palestinos lutam, é terrorismo, né???? Adoro essa "imparcialidade ímpar" ...

    ResponderExcluir
  2. Salam
    Ótimo post.A mais pura verdade,que pena que o mundo não sabe disso,ou melhor,sabe mas finge que não ver.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post, é muito bom vir aqui cada vez que leio um novo post me acrescenta e muito em termos de conhecimento, de entender mais sobre os conflitos/guerras que são sempre distorcidos pela mídia. O blog é uma das principais fontes que me ajudam a entender a parcialidade tendênciosa da mídia nacional e internacional !!
    Salam,

    ResponderExcluir