segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Jesus, O Verbo de Deus, É Deus?



Frequentemente ao dialogarmos com um cristão somos inquiridos: Quem é Jesus para vocês muçulmanos? Normalmente dizemos: Ele é: um Profeta de Deus, um Servo de Deus, um Mensageiro de Deus, o Messias, e por fim o Verbo de Deus, não sendo porém nem Filho de Deus e nem O próprio Deus.
Ao acabarmos de responder a indagação feita normalmente podemos esperar duas reações: ou a pessoa nos olha com ar de como quem diz: "que pena, ele não conhece a palavra de Deus...", ou se enfurece e diz que estamos renegando a Jesus (A.S.). Mas independente de ambas as reações normalmente tentam nos evangelizar (como se não conhecêssemos a Bíblia) citando a seguinte passagem:

"No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus." (Jo.1:1)

E logo depois frisam: "E O VERBO ERA DEUS!"
Ora, mediante tal afirmação podemos primeiro perguntar: Era?! Não é mais?
Depois vem as mais diversas tentativas de explicação, como por exemplo a que encontramos no site Torah Web em que o Vicente tenta explicar tal passagem fazendo um apelo ao que chamo aqui de "hebraismo", pois utiliza o nome de Jesus (A.S.) em hebraico, para dar uma cara de Judaísmo, e tenta utilizar também nomenclaturas em hebraico para Deus em seu artigo intitulado: "Yeshua é um deus ou Deus?" Vejamos como ele coloca a própria passagem Bíblica:

"(...) João 1:1 a 3 No princípio era a palavra, e a palavra estava com YHWH, e a palavra era um YHWH, este estava no princípio com YHWH, todas as coisas vieram à existência por intermédio dele, e a parte dele nem mesmo uma coisa veio à existência."

No entanto após analisarmos o texto acima nos questionamos:

Levando em consideração que as letras YHWH se referem as letras do tetragrama hebraico formado originalmente pelas letras Yod, He, Vav, He como podemos ver na figura ao lado, se referindo ao Deus Único, como é possível encontrar tais palavras hebraicas se o Evangelho de João foi escrito em grego?
Portanto, transcreverei abaixo o texto na íntegra, utilizando nos locais devidos as palavras que encontramos no Evangelho de João na língua em que foi escrito, ou seja: grego:

"No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com HOTHEOS, e o Verbo era TONTHEOS, este estava no princípio com HOTHEOS,.Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez." (Jo1:1-3) Bíblia Sagrada Almedida Revista e Corrigida - Sociedade Bíblica do Brasil - SBB Nota: Os nomes em grego foi retirado do Evangelho em seu idioma de origem.

Agora vejamos o que significa as palavras HOTHEOS e TONTHEOS:
HOTHEOS = O Deus
TONTHEOS = Um deus

Logo o que temos de mais original em termo de tradução desses versículos em questão pode ser encontrado na Bíblia utilizada pela Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, conhecida popularmente por Testemunhas de Jeová. Nela lemos:

"No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com o Deus, e a Palavra era [um] deus. Este estava no princípio com o Deus. Todas as coisas  vieram à existência por intermédio dele, e à parte dele nem mesmo uma só coisa veio à existência." (Jo.1:1-3).

Convencionou-se nas traduções do grego de maneira geral que ao se referir a palavra Hotheos, esta sempre seria representada pela palavra Deus com a sua primeira letra maiúscula, e assim também nas demais línguas com o alfabeto latino. E quando tivermos presente a palavra Tontheos esta será escrita apenas como um deus, ou simplesmente com a primeira em minúscula.
Então com isso temos Deus, o Criador e Senhor de tudo apresentado nas escrituras gregas cristãs como Hotheos e um deus menor, neste caso se referindo a Jesus (A.S.) como Tontheos, ou seja, um deus menor. Isso de acordo com a própria Bíblia pode ser corroborado pelo seguinte trecho:

"(...) O Pai é maior que eu." (Jo.14:28)

Ora, então de fato Jesus (A.S.) não é o Deus Soberano encarnado como poderia se pensar no início do artigo, mas um deus menor? Na verdade nem isso, pois se ele não é o próprio Deus Soberano como já lemos aqui, vejamos o que o Próprio Deus, YHWH diz a Seu respeito:

"A ti te foi mostrado para que soubesses que o Senhor é Deus; nenhum outro há, senão ele." (Dt.4:35)

"Pelo que hoje saberás, e refletirás no teu coração, que o Senhor é Deus em cima no céu e embaixo na terra; nenhum outro há." (Dt.4:39)

"Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador". (Is.43:11)

Logo chegamos claramente a conclusão de que se não há nenhum outro Deus além de YHWH, que é o mesmo Allah como já dissemos tantas vezes neste blog, isto está em pleno acordo com o Shemah judaico e a Shahada Islâmica que dizem respectivamente:

"Ouve Israel! O Eterno é nosso Deus! O Eterno é Um!" (Dt.6) - Sidur Completo - Editora Sêfer.

"Não existe outra divindade além de Allah (o Deus Único)".

Caro leitor, se não há Deus além de YHWH/Allah, não há porque adorarmos a Jesus (A.S.) como Deus, uma vez que isso se caracterizaria como IDOLATRIA, que é o mais grave pecado que o ser humano pode cometer.
Seja um verdadeiro Cristão: Adore ao Deus único!

2 comentários:

  1. Assalamu aleikum irmão Omar ! Excelente texto, como todos que você e a irmã Fatimah escrevem mashaAllah !
    Que Allah swt os recompense por tentar abrir os olhos das pessoas inshaAllah !

    ResponderExcluir
  2. salam walaikum irmao, nao se acha na bilbia nenhuma passagem onde Jesus, diz que e deus.vide a passagem onde ele e tentado no desert pelo demonio, Jesus diz, adorai somente ao seu senhor, ele nao diz adorai a mim que sou seu senhor.

    ResponderExcluir