domingo, 9 de dezembro de 2012

Pérolas da Rede Record...

Acabei de assistir,  na Rede Record, uma entrevista dada ao repórter Marcelo Rezende por ninguém menos que Guilherme de Pádua...


Guilherme de Pádua, condenado a 19 anos de prisão pelo assassinato de Daniela Perez, cumpriu menos de 7 anos, mas diz que "pagou por seu crime", ou seja, a vida de uma linda e talentosa jovem que tinha todo um futuro pela frente e que foi brutalmente assassinada foi "paga" com o cumprimento de "um terço da pena" a qual o assassino havia sido condenado... ???

Guilherme de Pádua lamenta que continue sofrendo "preconceito" apesar de 14 anos já terem se passado. Guilherme declara: "- Eu já tomei cuspida na cara"... Será que ele queria que fosse diferente?... Como?...

O repórter Marcelo Rezende pergunta o que ele diria a Glória Perez (Autora de Telenovelas - Mãe de Daniela Perez) e ele diz: "- Cara, sei lá... É tanta coisa... Eu pediria perdão, só"... Realmente... "Tanta coisa!"...

Que justiça é esta, a do Brasil, onde um assassino, condenado a 19 anos de prisão, cumpre  um terço da pena e é posto em liberdade por "bom comportamento"?... Como um assassino pode ser considerado alguém com bom comportamento, minha gente?

Mas Guilherme de Pádua agora é a vítima, coitadinho... Vítima de uma sociedade que não consegue esquecer o crime bárbaro que ele e sua ex-mulher, Paula Thomaz, cometeram... 

Acredite se quiser... Agora ele é apenas um bom rapaz, trabalhador e que quer levar uma vida normal, coitadinho... Tudo isso porque agora ele "se diz" cristão... FALA SÉRIO!...

Todo bandido no Brasil acha que pode se safar de suas culpas e se livrar de seus mal feitos vergonhosos usando religião como "borracha" para apagar o passado?



E o assassinato desta moça?... Alguém desfaz?... Dá para "apagar"?... Dá para "esquecer"?...

ACORDA BRASIL!...

Um comentário:

  1. Assalam Alaykum!

    Realmente essa entrevista é a prova da banalização do Mal no Brasil. Parece que o Mal virou um espetáculo midiático.
    Isso é terrível em todos os âmbitos da sociedade e, principalmente, para a formação de novas gerações.

    Parabéns pela escrita do texto!

    Que Allah a abençoe, assim também como a toda a sua família!!

    P.S.: Se a irmã puder, visite o meu blog também, adoraria ter seu comentário.

    ResponderExcluir